São Luís e outros 21 municípios maranhenses estão em “situação de alerta” contra surtos de dengue, zika vírus e febre chikungunya, de acordo com Levantamento Rápido de Índices para Aedes aegypti (LIRAa) divulgado nesta terça-feira (24) pelo Ministério da Saúde.

Os dados divulgados pelo órgão ministerial revelam que apenas três cidades do estado maranhense estão em situação considerada de risco – São Mateus do Maranhão, Tuntum e Vargem Grande. Ao todo, 199 municípios brasileiros estão na mesma classificação.

O Maranhão também aparece na lista dos 18 com confirmação laboratorial de zika vírus, ao lado de Roraima, Pará, Amazonas, Tocantins, Piauí, Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco, Alagoas, Bahia, Rio de Janeiro, São Paulo, Espírito Santo, Mato Grosso e Paraná.

Além disso, o Estado também está na lista dos que registraram casos “importados” (provenientes de outras unidades federativas) de febre chikungunya, ao lado do Pará, Ceará, Rio Grande do Norte, Goiás, Minas Gerais, Espírito Santo, Rio de Janeiro, São Paulo, Paraná e Rio Grande do Sul.

Capitais
Das capitais brasileiras, apenas Rio Branco está em “situação de risco”. Além de São Luís, também estão em “situação de alerta” Aracaju, Recife, Rio de Janeiro, Cuiabá, Belém e Porto Velho.

Estão com “índices satisfatórios” as capitais Boa Vista, Palmas, Fortaleza, João Pessoa, Teresina, Belo Horizonte, São Paulo, Brasília, Campo Grande e Curitiba. Já Macapá, Manaus, Maceió, Natal, Salvador, Vitória, Goiânia, Florianópolis e Porto Alegre não encaminharam os resultados.

COMPARTILHE

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.