OLYMPUS DIGITAL CAMERA
OLYMPUS DIGITAL CAMERA

O Ministério da Saúde confirmou nesta segunda-feira, 30, mais um caso de microcefalia em Araguaína, Norte do Estado. De acordo com o diretor do Departamento de Vigilância de Doenças Transmissíveis, Cláudio Maierovitch, o País já registrou 1.248 notificados em 311 municípios.

O Tocantins aparece agora em nono lugar no ranking dos casos confirmados em todo o Brasil. O Pernambuco registra o maior número com 646 casos, em seguida aparecem os estados da Paraíba com 248, Rio Grande do Norte 79, Sergipe 77, Alagoas 59, Bahia 37, Piauí 36, Ceará 25,Rio de Janeiro, 13, Tocantins 12, Maranhão 12, Mato Grosso do Sul 1, e Distrito Federal 1.

Araguaína é única cidade do Tocantins que registrou casos da doença em bebês até agora. O décimo segundo recém-nascido e a mãe não tiveram os nomes divulgados pelo serviço de saúde. A assessoria de imprensa da Maternidade Dom Orione confirmou que a criança já recebeu alta. Assim como os demais recém-nascidos, o bebê nasceu com o cérebro normal, mas com a circunferência do crânio menor que 33 cm, o que segundo os médicos, confirma a doença.

A Secretaria Estadual da Saúde, disse que a investigação para saber se existe relação dos doze casos de microcefalia de Araguaína com o Zica vírus, transmitido também pelo Aedes aegypti, continua. Equipes médicas do município e do estado estão realizando uma força-tarefa para confirmar a ligação com o novo vírus transmitido pelo vetor da dengue e também da febre chinkungunya.

Combate à dengue

A Secretaria Municipal de Saúde já reforçou o mutirão de combate ao mosquito da dengue. Em média por dia, 25 imóveis estão vistoriados. A meta da prefeitura é vistoriar 125 imóveis por agente a cada semana. “Cerca de 75% dos focos ainda estão na residência. Não adianta só o agente fazer o trabalho se o morador não tiver essa consciência”, disse Mariana Parente, coordenadora de casos do Centro de Controle de Zoonoses. Só este ano, foram 816 casos confirmados de dengue, e um de Zica vírus no município. (Jornal do Tocantins)

COMPARTILHE

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: folhadobico@hotmail.com que iremos analisar.