Sem título

Na manhã desta terça-feira, 17, cumprindo ordens do prefeito de Parauapebas, Valmir Queiroz Mariano, a secretária adjunta de Urbanismo, Márcia Araújo, esteve na antiga Feira do Produtor, tentando convencer comerciantes a deixarem o local antes da data acordada.

Ao todo são 233 feirantes que devem ser remanejados para o Mercado Municipal do Rio Verde. Os comerciantes são contrários a proposta que encontra apoio da Câmara Municipal e do Poder Judiciário.

O presidente da Associação dos Trabalhadores Autônomos no Comércio Informal de Parauapebas (ATACIPA), Antônio Rodrigues da Silva, disse que o Mercado do Rio Verde não oferece condições para receber os comerciantes e teme uma drástica queda nas atividades. Já a secretária adjunta de Urbanismo, Márcia Araújo, disse não ter previsão para adequar o local, pois a Prefeitura estaria sem recursos.

O prazo para que os feirantes deixem o local é 26 de novembro.

COMPARTILHE

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.