whatsapp-image-2016-11-29-at-10-26-54

Começou na manhã desta terça-feira, 29, no Fórum de Araguatins o julgamento de Elvis Gomes Ferreira e Renato da Silva Gonçalves, acusados pelo assassinato do casal de cabeleireiros Nailton Santos Silva (Ney) e Adriana Fernandes da Rocha, que estava grávida.

Segundo a acusação, Elvis teria invadido a residência do casal e efetuado dois disparos de arma de fogo contra Ney e quatro contra Adriana. Renato foi responsável por ajudar na elaboração e suporte ao crime que aconteceu na noite do dia 24 de outubro de 2006.

A dupla ficou presa pouco mais de 5 meses, após o crime e depois ganharam liberdade e aguardaram o julgamento.

Diversos familiares e amigos das partes estão acompanhando o julgamento. Elvis e Renato também estão presentes.

COMPARTILHE

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.