whatsapp-image-2016-11-16-at-21-05-57

A demissão da diretora geral da Faculdade Integrada de Araguatins (Faiara), Janine da Silva Mota, provocou protestos por parte dos acadêmicos que foram pegos de surpresa com a decisão do proprietário da instituição, Abimael Araújo de Lima, na noite desta quarta-feira, 16.

Revoltados, os acadêmicos dos cursos de Administração, Pedagogia e Letras, protestaram na entrada da faculdade e exigiam que a direção explicasse o motivo da demissão e o retorno de Janine.

Os acadêmicos fizeram um documento solicitando de Abimael Araújo, que reavalie a decisão da demissão e retorne Janine ao cargo. “Nós como sociedade acadêmica da Faiara ficamos indignado com essa circunstância presenciada, pois a senhora Janine da Silva Mota e sua equipe tem prestado um serviço que ficou marcado na história dessa instituição; observamos que foi provado que a Faiara gera lucros, ou seja, se alto sustenta e, que a senhora Janine Mota tem competência para gerenciar essa instituição sim, e não podemos parar com o progresso”, diz trecho do documento.

O grupo ainda considera que após Janine assumir a direção da faculdade, o rendimento na instituição melhorou. “Ela como uma empreendedora que viu oportunidades em meio as dificuldades que a instituição enfrentava e agora melhorou 100% e precisa melhorar mais ainda. Queremos o melhor para a nossa faculdade, pois fazemos parte dessa instituição e queremos crescer juntamente com ela, pois a gestão da diretora Janine da Silva Mota, tem que continuar para o bem da Faiara”, finaliza o apontamento.

O proprietário da Faiara não foi localizado para comentar o assunto. O espaço fica aberto caso ele queira se pronunciar.

COMPARTILHE

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.