whatsapp-image-2016-11-01-at-10-04-01

Nesta terça-feira, 1º de novembro, a Polícia Federal amanheceu cumprindo mandados de busca e apreensão e condução coercitiva, em Araguatins, São Bento, Palmas e Imperatriz-MA. Os alvos são o deputado estadual e ex-prefeito, Rocha Miranda (PMDB), o prefeito Lindomar Madalena (PSB), secretários municipais, chefes de licitação e empresários.

A Operação foi denominada Full House e investiga supostos desvios que causaram prejuízos de mais de R$ 4 milhões.

Residência do deputado Rocha Miranda, durante operação da Polícia Federal nas primeiras horas da manhã
Residência do deputado Rocha Miranda, durante operação da Polícia Federal nas primeiras horas da manhã

Agora pela manhã as buscam e apreensões estão sendo feitas e a documentação sendo juntada na sede do Quartel da 9º Batalhão da Polícia Militar e serão levadas para a sede regional da Polícia Federal em Araguaína.

Casa do prefeito Lindomar Madalena também recebendo a Polícia Federal
Casa do prefeito Lindomar Madalena também recebendo a Polícia Federal

Ao todo estão sendo cumpridos 14 mandados de busca e apreensão e 10 de condução coercitiva. Os 24 mandados foram expedidos pelo Tribunal Regional Federal, em Brasília, por causa do foro privilegiado do deputado Rocha Miranda, que também teve suas residências em Araguatins e Palmas sendo alvo da Operação, ele vai depor coercitivamente na sede da Polícia Federal, em Palmas. Já o prefeito Lindomar Madalena, prestará depoimento em Araguaína.

Polícia Federal juntando suspeitos da sede do 9º BPM
Polícia Federal juntando suspeitos da sede do 9º BPM
COMPARTILHE

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.