whatsapp-image-2016-11-01-at-10-02-40

O deputado estadual e ex-prefeito de Araguatins, Rocha Miranda (PMDB), principal alvo da Operação “Full House”, que cumpre 14 mandados de busca e apreensão e mais 14 conduções coercitivas, em Araguatins, São Bento, Palmas e Imperatriz-MA, será ouvido mediante condução coercitiva nesta terça-feira, 1º de novembro, na sede da Polícia Federal em Palmas. A Operação apura fraudes em licitações e desvios de recursos públicos de R$ 4 milhões.

Já o prefeito Lindomar Madalena (PSB), empresários e licitantes, serão ouvidos em Araguaína. Lindomar foi no seu próprio veículo.

Ninguém foi preso.

O secretário de administração da Prefeitura de Araguatins, Josenildo Marques Amado, disse que documentos relacionados a obras foram levados pela Polícia Federal.

Segundo a Polícia Federal, Rocha Miranda criou na Prefeitura um esquema criminoso que fraudava licitações para desviava recursos federais. As fraudes teriam continuado na gestão de Lindomar. Ao todo o esquema de Rocha Miranda atingiu 11 obras. Ainda conforme a PF, algumas foram concluídas, mas a maioria está inacabada, entre elas creches e postos de saúde.

COMPARTILHE

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.