14991886_1132587913463197_3714422956696139097_n

Neste final de semana, o presidente estadual do Solidariedade, deputado estadual Vilmar do Detran, esteve na sede nacional da legenda, em São Paulo, a convite o presidente nacional, Paulinho do Força, para apresentar o balanço das eleições de 2016, discutir nova estrutura organizacional e estabelecer metas que vão até 2026.

A Executiva Nacional do Solidariedade tem se reunido individualmente com presidentes e dirigentes de todos os estados do país para tais discussões. Neste final de semana, o encontro foi com os presidentes da região Norte.

No encontro, o presidente nacional deixou claro que o partido no Tocantins deverá trabalhar de forma consistente nomes que pleiteiem e tenham chances de conquistar uma cadeira de deputado federal em 2018.

Segundo nossa equipe apurou, o nome que será trabalhado pelo Solidariedade, deve ser o do deputado estadual do Bico, Amélio Cayres. Além de ter sido o segundo mais votado na disputa por uma cadeira na Assembleia Legislativa, em 2014, o deputado biquense, teria voltado a mostrar força na eleição municipal, elegendo cerca de 14 prefeitos ligados diretamente a ele.

Outra ponderação da direção do Solidariedade, é o fato de Amélio representar o Bico do Papagaio, região de amplo poder de votos e que está sem nenhum representante atualmente na Câmara dos Deputados. A região já chegou a ter três representantes simultaneamente.

Ainda na reunião, Vilmar do Detran, destacou que o partido conseguiu eleger cinco prefeitos e quatro vice-prefeitos no estado. O partido também garantiu representatividade nos Legislativos Municipais por meio da eleição de 62 vereadores em 45 diferentes cidades.

O presidente nacional do Solidariedade, deputado federal Paulinho da Força, explicou a todos, que optou em atender os estados individualmente para poder dar mais atenção a cada necessidade e estrutura. Ele também reforçou que as metas estabelecidas pelo partido são ousadas e precisará da colaboração e empenho dos dirigentes para que o Solidariedade consiga estar entre os partidos considerados grandes no Brasil.

Além de estabelecer metas para número de filiados, foram apresentadas também prospecções para cargos eletivos. Como as eleições municipais acabaram de ocorrer, é esperado que o Solidariedade faça mais de 4 mil vereadores em 2024, assim como 516 prefeitos e 768 vices. Para as eleições estaduais e federais, o partido espera alcançar 99 deputados estaduais até 2026 e 53 federais.

Apesar de um notório crescimento do Solidariedade em todo País, os números atuais são bem diferentes da meta para 2026. O número de filiados gira em torno de 200 mil. As eleições deste ano renderam 1.438 vereadores, 63 prefeitos e 140 vices. Além de atualmente contar com 20 deputados estaduais e 14 federais.

COMPARTILHE

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.