policia-federal-palmas

O ex-governador Siqueira Campos compareceu na manhã desta segunda-feira, 28 na sede da a Polícia Federal (PF) para se explicar no caso da Operação Rei do Gado deflagrada ela Polícia Federal (PF). A assessorada do ex-governador afirmou que ele é testemunha e não alvo da operação. A PF ainda não disse se a informação procede.

A operação da PF investiga operação uma organização criminosa que praticava crimes contra a administração pública e promovia de lavagem de dinheiro.  A ação acontecia por meio da dissimulação e ocultação dos lucros ilícitos no patrimônio de membros da família do governador do Tocantins, Marcelo Miranda, alvo da operação. Teriam sido movimentados mais de R$ 200 milhões.

Mandados 

Conforme a PF, participam da operação cerca de 280 policiais federais. Ao todo estão sendo cumpridos 108 mandados judiciais expedidos pelo Supremo Tribunal de Justiça (STJ). Destes são oito de mandados de prisão temporária, 24 de condução coercitiva e 76 de busca e apreensão. A operação tem desdobramento em Palmas e Araguaína, Goiânia/GO, Brasília (DF), Caraguatatuba (SP) Canãa dos Carajás, Redenção, Santa Maria, São Felix do Xingu e Sapucaia no Pará.

COMPARTILHE

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: folhadobico@hotmail.com que iremos analisar.