Governador chegando na sede da Justiça Federal em Palmas para prestar depoimento
Governador chegando na sede da Justiça Federal em Palmas para prestar depoimento

O governador Marcelo Miranda (PMDB) está na sede da Justiça Federal, em Palmas, para prestar depoimento na operação Reis do Gado. A polícia investiga corrupção e lavagem de dinheiro no Tocantins entre os anos de 2005 e 2012. Além disso, identificou que R$ 200 milhões foram lavados. O ex-governador Siqueira Campos também foi conduzido coercitivamente para prestar depoimento. O secretário de infraestrutura do estado, Sérgio Leão foi preso preventivamente e está na sede da PF em Palmas.

O ministro Mauro Campbell, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), está em Palmas para acompanhar o depoimento do governador. Isso porque Marcelo Miranda tem foro privilegiado pelo fato de ser governador.

Seis mandados de prisão já foram cumpridos nesta segunda-feira (28). José Edimar de Brito Miranda Júnior, irmão do governador, está entre os presos, assim como o secretário de infraestrutura Sérgio Leão.

O pai de Marcelo Miranda, Brito Miranda, está na sede da Polícia Federal prestando depoimento. Conforme a PF, todos os bens de Marcelo, Brito e José Edimar foram bloqueados.

A Secretaria de Comunicação do Estado disse que o governador Marcelo Miranda determinou livre acesso às dependências da sua casa e do Palácio Araguaia. “Até o momento, tanto a Procuradoria Geral do Estado (PGE), quanto o escritório de advocacia, que representa Marcelo Miranda, não tiveram acesso à decisão da Justiça”, diz nota enviada.

COMPARTILHE

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: folhadobico@hotmail.com que iremos analisar.