O concurso da Assembleia Legislativa do Tocantins foi anulado em sessão nesta quarta-feira (23). O decreto 740/2016 foi aprovado por 14 votos a favor e cinco contra, anulando todos os atos do edital. O concurso só deve ser retomado em 2017, mas não há ainda uma data definida.

O concurso previa 91 vagas para contratação imediata e outras 74 para o quadro reserva, em cargos de nível médio e superior. Os salários iam de R$ 5 mil a R$ 25 mil. As provas seriam aplicadas no dia 18 de dezembro.

Segundo a Assembleia, a estimativa é que pouco mais de 1000 pessoas se inscreveram para realizar o concurso. Mas não há ainda definição de quando e como o valor da taxa de inscrição será devolvido.

Entenda

A Assembleia Legislativa do Tocantins anunciou em outubro a abertura das inscrições para concurso público. Oferecendo 91 vagas para ocupação imediata e 74 vagas para o quadro reserva. Os cargos eram para nível médio, técnico especializado e superior.

As inscrições podiam ser feitas de 19 de outubro até 13 de novembro. O edital do concurso foi publicado pela Fundação de Apoio a Pesquisa, Ensino e Assistência (Funrio). A taxa de inscrição era de R$ 98 para cargos de nível médio, R$ 125 para nível médio especializado e R$ 200 para nível superior. (G1)

COMPARTILHE

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.