Está preso, em cumprimento a um Mandado de Prisão expedido pela Justiça, o homem suspeito de atirar contra uma criança no município de Amarante do Maranhão. A ocorrência foi no dia 16 de novembro no Povoado Canto Bom, ocasião em que Alan da Silva Neto, 23 anos, chegou a ser preso, mas pagou fiança e foi liberado.

De acordo com o delegado regional de Imperatriz, Eduardo Galvão, durante as investigações, o suspeito alegou que o tiro foi acidental, os levantamentos apontam para uma discussão entre Alan e a mãe do menino Roniel Sariel dos Santos Moura, de 5 anos. Para o delegado, o homem teria tentado atirar na
mulher e acabou atingindo a criança.

Na época do ferimento a bala, Alan foi preso em flagrante por porte de arma e soltou mediante pagamento de fiança.

Diante da informação sobre a suposta tentativa de homicídio contra o menino, enteado de Alan, a Justiça anulou a fiança e expediu Mandado de Prisão contra o suspeito.

“É muito difícil que ele atirou para o alto e acertou acidentalmente a criança, o que a gente acredita, dentre outros problemas, é que houve uma briga, que eraconstante essa briga (…), que na verdade ele não tinha o interesse e disparar contra a criança, o alvo seria a esposa seria a companheira e a criança, por estava no meio, acabou sendo alvejada”, disse o delegado Eduardo Galvão, em entrevista acrescentando que Alan tem um filho com outra mulher. (iMirante)

COMPARTILHE

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.