whatsapp-image-2016-11-29-at-19-48-36

Parentes e amigos de dois homens que estão desaparecidos desde o último sábado (26) fizeram um protesto nesta terça-feira (29), na BR-153 em Xambioá. Eles colocaram fogo em pneus para chamar a atenção da Polícia Civil para o caso. A manifestação foi feita perto da delegacia da cidade. A pista, que ficou interditada nos dois sentidos, só foi liberada nesta manhã, segundo a Polícia Rodoviária Federal.

A Polícia Civil informou que o caso está sendo investigado e que equipes da Polícia Militar e Polícia Civil fazem buscas em fazenda nas proximidades da TO-164, na região onde os homens teriam desaparecido.
Moacir Junior Silva Franco, 22 anos, e o tio Ivan Silva Oliveira, 36 anos, saíram para pescar e desapareceram. O caso foi registrado na delegacia da cidade.

A namorada de Moacir, Adrielle Silva de Carvalho, 18 anos, disse que cerca de 300 pessoas participaram do protesto. Já a Polícia Rodoviária Federal informou que cerca de 70 compareceram. O ato começou na tarde desta terça-feira e terminou por volta de meia-noite.

Ela disse que a família quer informações. “Estamos sem notícias de nada. Estamos muito angustiados, sem dormir, sem comer. A mãe está chorando, estamos todos desesperados”, disse Adrielle.

Entenda

Parentes contaram à polícia que tio e sobrinho saíram para pescar no riacho Xambica no último sábado (26), mas não voltaram para casa.

Parentes disseram que esta é a primeira vez em que eles somem sem deixar notícias. Os dois não levaram documentos e nem celulares. Eles estavam em uma motocicleta, mas o veículo ainda não foi encontrado, segundo o delegado Wilson Olivera, que investiga o caso. (G1)

COMPARTILHE

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.