A PA-457 (Rodovia Everaldo Martins), que liga Santarém a Vila Balneária de Alter do Chão, na região oeste do Pará, continua recebendo importantes serviços para melhorar a trafegabilidade

A PA-457 (Rodovia Everaldo Martins), que liga Santarém a Vila Balneária de Alter do Chão, na região oeste do Pará, continua recebendo importantes serviços para melhorar a trafegabilidade. Além das obras que serão realizadas na Rodovia, o secretário de Estado de Transportes, Kleber Menezes, anunciou, durante visita às obras, que além dos quase 30 km da Rodovia, o Estado também finalizará a duplicação da Rodovia Fernando Guilhon em 1.200 metros até a confluência com a PA-457.

De acordo com o secretário, por conta da expansão urbana e dos projetos de habitação instalados ao longo da Fernando Guilhon, o Estado tomou a decisão de iniciar os serviços a partir desta via. “Durante nossa inspeção nós verificamos que este novo loteamento está em fase de ser liberado, vai ter um acesso muito grande de pessoas e novos moradores. Então nós decidimos que esse trecho de 1200 metros entre o shopping e a rotatória de Alter do Chão faremos em pista dupla”, informou o secretário.

As obras na PA-457 incluem a implantação de acostamento com pavimentação, rotatória, ciclovia, sinalização e iluminação em toda sua extensão (28,68 km). “Com a intensificação do turismo, nós estamos construindo o acostamento ao longo de toda a via e nosso objetivo é termos uma ciclovia bi-direcional, toda iluminada, com segurança, intensificação de faixas para impulsionar, também, o turismo de aventura”, disse Kleber Menezes.

Transuruará

Serviços de infraestrutura também estão sendo realizados na Rodovia Transuruará, no segundo trecho da PA-370, que vai da hidrelétrica até o município de Uruará. O valor do investimento chega a aproximadamente R$ 4 milhões. “São mais 150 km não pavimentados, dos quais o trecho a partir da ponte do Tutuí, cerca de 78 km, sequer poderíamos chamar de estrada. Agora, nós trafegamos por ela, está muito bonita a obra, muito segura e eu tenho certeza que Uruará e a região da Transamazônica vão se interligar ainda mais com Santarém e o povo santareno caso queira ir para Altamira ou para a própria capital do estado vai ter uma redução de 160 km”, explicou o secretário.

Também participaram da visita a secretária de Estado de Municípios Sustentáveis, Izabela Jatene e o presidente da Companhia de Desenvolvimento Econômico do Pará, Olavo das Neves. (Samuel Alvarenga)

COMPARTILHE

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.