A fumaça que veio do Pará e Maranhão para o Tocantins, pode ser a responsável por cerca de 200 atendimentos, sendo 80 internações no hospital municipal em Ananás, no norte do estado. De acordo com a diretoria da unidade de saúde, apenas na tarde desta segunda-feira (7), mais de 60 pacientes foram atendidos. Desde a última sexta-feira (4), crianças, adultos e idosos estão sento hospitalizados com diarreia, febre, dor de cabeça e vômito. A suspeita era de que a água estaria causando os sintomas.

A diretora do hospital Lindalva Baliza informou que a Secretaria de Meio Ambiente está ajudando a fazer um mapeamento e levantamento para descobrir o que está ocasionando os sintomas. Segundo ela, até o momento há apenas especulações sobre as causas do surto.

“Não se sabe ao certo o que está acontecendo. Primeiro pensamos que fosse o consumo da água. Mas foram feitas análises e esta hipótese está descartada. Agora, estamos averiguando para saber o que está ocasionando este surto”, informou.

Conforme Lindalva, outros casos também foram registrados nas cidades vizinhas. “Muitas pessoas de municípios ao redor de Ananás estão procurando a unidade com os mesmos sintomas. Elas estão sendo medicadas, ficam em observação por quatro ou cinco horas. Não houve nenhuma morte, mas ainda estamos buscando as causas”. (Com informações do G1)

COMPARTILHE

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: folhadobico@hotmail.com que iremos analisar.