12373443_531316027043262_4652018669297669934_n

O Instituto Federal de Educação, Ciências e Tecnologia (IFTO), em Araguatins, transformou-se em um espaço de troca de experiências e apresentações de resultados de pesquisas e extensão, nos dias 10,11 e 12 de dezembro, durante a realização da 6º edição da Jornada de Iniciação Científica e Extensão (JICE), que teve como tema: “Mudanças Climáticas na Agricultura: tendências e desafios”.

A programação da 6º JICE contou com palestras, mesa-redonda, minicursos, oficinas, apresentações de trabalhos de pesquisa e extensão, nas modalidades pôster e oral, além de premiações e atividades culturais durante o 2º Ifestival.

Na quinta-feira, 10, durante a tarde, foram realizadas apresentações culturais do Ifestival, que ocorreu das 14h às 19h, e reuniu estudantes do campus e comunidade em geral, tendo como objetivo promover diferentes manifestações culturais e artísticas. Em seguida, foi realizada a solenidade de abertura do evento e a palestra: “Impactos e tendências futuras do aquecimento global na agricultura brasileira“ ministrada pelo pesquisador da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) Pesca e Aquicultura, Balbino Antônio Evangelista.

Na sexta-feira, 11, a programação teve início logo pela manhã, com a palestra: “Arranjos de plantas de soja e sua eficiência no aproveitamento de recursos naturais”, conduzida por Leonardo José Motta Campos – pesquisador Embrapa Pesca e Aquicultura, seguida pelas palestras: “O plantio de eucalipto Suzano em diferentes ambientes”, palestrante: Me. Aguinaldo José de Souza – Consultor Executivo Sênior de Tecnologia Florestal e “Suzano e Suzano entre as melhores empresas para você trabalhar” palestrante: esp. Monique Carriello Gama – Suzano Papel e Celulose.

No período da tarde, ocorreu a última palestra do evento, conduzida pelo Dr. Daniel de Brito Fragoso – pesquisador Embrapa Pesca e Aquicultura, com o tema: “Manejo de resistência de pragas a inseticidas”.  Após a conclusão do ciclo de palestra tiveram início os minicursos.

Já o sábado, 12, foi reservado para apresentações orais de trabalhos, exibição de pôsteres e premiações.

Para o diretor-geral do IFTO, Décio Dias dos Reis, o evento evidenciou o comprometimento da instituição com o ensino, pesquisa e extensão, oportunizando ao seu alunado uma experiência, que contribuirá para sua formação. O diretor aproveitou a ocasião para agradecer ao coordenador-geral do evento, professor Marcus André e do coordenador de extensão, professor Robson José, pela dedicação à realização da JICE, pontuando também a importância da participação da comissão formada por servidores e a colaboração dos terceirizados.

“A JICE é muito importante para formação do nosso currículo, as apresentações de artigos científicos no decorrer do evento, é uma forma de mostrar para sociedade do próprio município de Araguatins que o campus faz pesquisa e realiza atividades de extensão” declarou a acadêmica de Ciências Biológicas do Campus Araguatins e ganhadora do prêmio, Cleudiane Bispo.

JICE

Promovida pelo IFTO desde 2010, a JICE representa oportunidade de divulgação e desenvolvimento do pensamento técnico-científico, bem como produção e discussão de trabalhos resultantes dos projetos de pesquisa e extensão dos estudantes e professores do IFTO e demais instituições.  (Com informações da Ascom)

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: folhadobico@hotmail.com que iremos analisar.