IMG-20151217-WA0449

No final da tarde desta quinta-feira, 17, os vereadores Jairo Ribeiro (PV), Sérgio Gomes (SD), Darlan Pernambuco (PR) e Leocy Mota (PMDB), além do presidente da União dos Vereadores do Estado do Tocantins (Uvet), vereador Elson Ribeiro, de Tocantinópolis, se encontraram com os deputados estaduais, Amélio Cayres (SD) e Rocha Miranda (PMDB), para discutir a situação dos equipamentos do Hospital Regional de Augustinópolis (HRAUG), que foram parcialmente retirados de Araguatins.

A polêmica foi gerada devido um acordo feito entre Prefeitura Municipal de Araguatins e Governo do Estado, onde ficou firmado que com o termino das obras de reforma da Unidade Hospitalar, em Augustinópolis, e o conseqüente retorno, os equipamentos seriam doados ao Hospital Municipal de Araguatins, como uma espécie de recompensar o espaço cedido. Só que nesta sexta-feira o Governo resolveu quebrar o acordo e levar todos os equipamentos, fato que gerou desentendimento entre estado e município.

Na reunião, os deputados, Amélio Cayres e Rocha Miranda, reiteraram aos vereadores que conversaram ainda na manhã de quinta-feira, 17, com o secretário estadual de Saúde, Samuel Bonilha, que havia determinado a suspensão da retirada dos equipamentos, bem como agendado uma reunião no município de Araguatins para o próximo dia 26 ou 27 de dezembro, onde será debatido o assunto com a Prefeitura e com a população.

Ainda na reunião, Amélio e Rocha, solicitaram aos vereadores que levantem as demandas imediatas de reivindicações, para que seja discutida diretamente como secretário na reunião.

Jairo Ribeiro que estava junto com Sérgio, Leocy e Danlan, em Brasília, disse que esta semana o grupo de parlamentares recebeu a garantia da primeira-dama e deputada federal, Dulce Miranda (PMDB), que ela tomará providências para que ao menos a Maternidade possa voltar a funcionar em Araguatins, ano que vem. “Nós não queremos que o funcionamento pare em Augustinópolis, o hospital é de lá, nós compreendemos. Apenas queremos que o estado também ofereça esse atendimento em Araguatins. A deputada Dulce nos garantiu que ajudará no pleito”, disse Ribeiro.

Já Sérgio Gomes mencionou salientou que ainda existem uma série de pendências do estado com o município. “Oras, já não basta os 9 meses de atraso nos recursos de manutenção do Hospital Municipal, que obrigatoriamente o estado deveria passar para o município, agora vem com essa de descumprir um acordo feito. Esse pessoal precisa respeita Araguatins e sua população. Somos quase 40 mil habitantes e precisamos, necessitamos que o estado nos apoio, ao invés de nos prejudicar”, afirmou.

Na opinião de Darlan Pernambuco, o apoio da deputada Dulce Miranda será importante no processo. “Já temos a força do Amélio Cayres e do Rocha, na conversa que tivemos com a Dulce ela também se prontificou a apoiar. Vamos nos articular apresentar as reivindicações na reunião com o secretário de Saúde e depois fazer o trabalho político para que se concretize o for decidido no encontro”, disse Darlan.

Para Leocy a união de forças é importante para a cidade possa assegurar o benefício. “Estamos vendo a ação conjunta dos parlamentares para defender um acordo feito. Nesse momento de dificuldade e que tem gerado uma tensão no meio da comunidade araguatinense a união de forças é muito apropriada. Nós na Câmara já estamos nos debruçando sobre essa causa para fazer valer o acordo”, finalizou.

COMPARTILHE

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: folhadobico@hotmail.com que iremos analisar.