IMG_9141

Na tarde da sexta-feira, 27, na sala de reuniões do Ministério Público de Contas, foi realizada a eleição de elaboração da lista tríplice para escolha do Procurador-Geral de Contas, que atuará no biênio 2016/2017.

Foram eleitos para participarem da lista tríplice os procuradores: O araguatinense Zailon Miranda Labre Rodrigues (6 votos), Raquel Medeiros Sales de Almeida (5) votos e a atual Procuradora-Geral de Contas, Litza Leão Gonçalves (5 votos).

Os três nomes escolhidos foram encaminhados ao governador, Marcelo Miranda, que escolheu nesta segunda-feira, 30 de novembro, o nome do araguatinense.

O mandato de Procurador-Geral do MPC é de dois anos, com direito a uma recondução e está previsto na Constituição Federal. No caso do MPC do Tocantins, o novo mandato terá início em  janeiro de 2016.

Perfil

Natural de Araguaína, Zailon Miranda Labre Rodrigues é procurador de Contas, advogado graduado pela Universidade de Ribeirão Preto (UNAERP), Bacharel em Ciências Jurídicas e Sociais. Exerceu advocacia autônoma e cargos públicos como assessor jurídico do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-TO), consultor técnico da Secretaria de Segurança Pública e auditor de rendas da Secretaria da Fazenda do Tocantins.

Possui pós-graduação e especializações em Direito Processual Civil, pela Universidade Tiradentes, em Aracaju (SE); Direito Penal e Processo Penal, pelo Centro de Ensino Superior de Jataí (GO).

 

COMPARTILHE

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.