0lc_2012_bloco_b_7RusnRZEm Marabá, sudeste do Pará, o Projeto Transformar atende crianças de 5 a 13 anos que querem ser bailarinas. A ação é um trabalho voluntário da educadora física Helenise Cristiana, que há um ano e meio construiu uma sala para dar aulas as meninas carentes.

Por meio da dança, elas estão tendo a oportunidade de sonhar com um futuro melhor. “Era possível fazer mais além, continuar esse trabalho, fazendo com que as crianças consigam perceber que a dança pode contribuir muito mais do que apenas com passos, contribuir na vida”, afirma.

A turma é formada por 30 meninas, mas além de ensaiar elas precisam estudar. A cada aula, um momento de leitura. A professora criou uma minibiblioteca no canto da sala e não deixa de promover esse instante. “Quero fazer com que elas fiquem mais próximas dessa questão da educação”, explica.

A aluna Ketlem Beatriz, 10 anos, adora as aulas. “Meu sonho sempre foi ser bailarina, eu via aquelas pessoas dançando e achava tão bonito”, conta. Sonho compartilhado com a amiga Ediane Coelho, 7 anos. “Eu amo ser bailarina, era o meu sonho desde quando eu era bebezinha”, diz.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: folhadobico@hotmail.com que iremos analisar.