Diretores e contadores de escolas estaduais fizeram contato com o webjornal Folha do Bico para tornar público a falta de repasses financeiros do programa Gestão Compartilhada, de responsabilidade do Governo do Estado. O grupo tem medo de aparecer e pediu para não ser identificado, segundo eles por temerem retaliações.

Eles disseram que as Unidades Escolares estão com 3 meses de repasses atrasados, fato que tem inviabilizado a manutenção dos trabalhos. “Estamos praticamente fechem as portas, pois fornecedores já não querem mais vender seus produtos, que é o básico para o funcionamento das escolas, tais como, material didático, pedagógico, de expediente, água, energia, telefone entre outros”, disse um diretor.

Ainda segundo relatos de funcionários da rede pública estadual, se não for creditado recursos nos próximos dias, algumas escolas irão encerrar o ano letivo mais cedo, pois já não possuem condições de manter seus serviços.

Os Diretores ainda reclamam que a Secretaria Estadual da Educação (Seduc), não estaria dando nenhuma garantia de repasse dos recursos. Fato que torna ainda mais preocupante a situação. “O pior de tudo é que não há expectativa. Eles não esclarecem a situação para pelo menos tentar amenizar”, contou outro diretor.

COMPARTILHE

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: folhadobico@hotmail.com que iremos analisar.