Marcelo-Miranda-boneco

O governo oficializou a pedalada. Pagou o salário de novembro neste final de semana no valor de R$ 133 milhões. Como na semana passada o Conselho Gestor informou que a folha de dezembro, da ordem de R$ 269 milhões (a média mensal da folha de janeiro até aqui), será paga em janeiro de 2016 tem-­se a dimensão da pedalada governamental em novembro/dezembro : R$ 136 milhões.

O governo demitiu no dia 31 de outubro centenas de servidores comissionados (especialmente na Saúde), mas pediu para eles continuarem no exercício de suas atividades, solicitando nova documentação. Com isto, conseguiu empurrar os salários de novembro de muitos servidores(demitidos mas autorizados a continuar) para o prazo que a burocracia permitir. Não receberam novembro. Foram atingidos pela bicicletada palaciana.

E a mágica orçamentária e fiscal continua. Neste sábado, 12, no mesmo dia que efetuou o pagamento dos servidores, o Governo do Estado publicou no Diário Oficial a demissão de 2.683 servidores comissionados. Na sexta-feira, já retificava salários de cerca de 200 comissionados. O ato declaratório publicado no final de semana, declarava extintos os cargos por termino do contrato temporário. A partir de 20 de novembro. Conclusão óbvia: possibilidade de economizar um terço dos salários desse pessoal. Com isto, lógico, diminui a folha de pagamento do 13° salário, prevista para dia 20. Apesar de na semana passada o secretário da Administração informar com todas as letras: ““Hoje estamos perto de bater o recorde em desenquadramento da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) em despesa com pessoal”.

Os fornecedores ficam para depois. O governo pode fechar o ano com um déficit próximo de R$ 1 bilhão. A não ser que produza mais pedaladas. Lembre-­se que na semana passada os secretários informaram também que para pagar salários terão que deixar de pagar fornecedores. (Luiz Armado Costa)

COMPARTILHE

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: folhadobico@hotmail.com que iremos analisar.