Os cursos da saúde são mais concorridos na terceira etapa do Programa de Ingresso Seriado (Prise), da Universidade do Estado do Pará (Uepa), segundo o que foi divulgado nesta segunda-feira (7). Na condição de não cotista é apresentada a seguinte concorrência: 1º lugar: Medicina em Marabá com 19 candidatos para uma vaga; 2º lugar: Biomedicina em Belém, com 12,7 candidatos; e 3º lugar: Fisioterapia também na capital com 10,8 concorrentes para uma vaga. Confira o gabarito da prova.

Já entre os cotistas, a relação é a seguinte: 1º lugar: Enfermagem em Tucuruí, com 6,5 candidatos por vaga; 2º lugar: Medicina em Marabá, com 6,2 candidatos por vaga; 3º lugar: Fisioterapia em Belém, com 5,8 candidatos para uma vaga.

A terceira etapa do Programa de Ingresso Seriado (Prise), da Universidade do Estado do Pará (Uepa), ocorre nesta segunda. Os 4.249 inscritos responderão 54 questões objetivas de conhecimentos gerais nas áreas de Química, Matemática, Física, Biologia, Língua Portuguesa, Literatura Brasileira e Portuguesa, História, Geografia, Língua Estrangeira, e uma redação valendo 30 pontos. Será automaticamente eliminado quem obtiver menos de 12 pontos na prova objetiva e menos de seis pontos na prova de redação.

Os candidatos devem ter em mãos documento oficial com foto e o cartão de confirmação de inscrição, disponível na página de acompanhamento, além de caneta esferográfica com tinta azul ou preta.

No caso de aprovação concomitante no Processo Seletivo (Prosel/2016) e no Prise para curso/turno/município diferentes, o candidato deverá assinar o Termo de Desistência de Vaga de um dos processos seletivos, sob pena de não poder realizar sua matrícula. No caso de aprovação concomitante nas duas modalidades e para um mesmo curso/turno/município, o candidato terá sua matrícula autorizada na vaga do Prise Subprograma XVII-3ª etapa.

Vestibular

Serão ofertadas 3.420 vagas, distribuídas igualmente entre o Processo Seletivo (Prosel/2016) e o Programa de Ingresso Seriado (Prise – 3ª etapa), as duas modalidades de acesso à Universidade. Quarenta por cento das vagas de cada modalidade são destinadas a candidatos que cursaram todas as séries do Ensino Médio, ou curso equivalente, em Escolas da Rede Pública Brasileira, por meio do sistema de cotas sociais.

A partir deste ano, a Uepa adotou as notas do Enem como critério de avaliação do Prosel. Os interessados em concorrer a uma vaga na Uepa, por meio desta modalidade, se submeteram às provas do Enem no último mês de outubro.

Estará automaticamente eliminado no processo de classificação no Prosel, o candidato que faltou em, pelo menos, um dia de prova do Enem 2015 ou obtiver nota inferior a 400 na Redação, numa escala de 0 a 1000, ou ainda obtiver média aritmética das notas do Exame inferior a 400.

Será atribuído um bônus de 10% (dez por cento) sobre a média aritmética das notas obtidas no Enem aos candidatos que concluíram o Ensino Médio, ou equivalente, em escolas localizadas no Estado do Pará. A comprovação desta condição será feita no ato da matrícula. O candidato que não comprovar será eliminado do processo, perderá o direito a vaga e não poderá se matricular.

COMPARTILHE

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.