Na manhã desta última terça-feira, 05, foi realizada na sede do 9º Batalhão de Polícia Militar (BPM) em Araguatins, a primeira etapa do projeto Guardiões “Um minuto vale uma vida”, desenvolvido pelo núcleo do curso de Enfermagem da Universidade Estadual do Tocantins (Unitins), Câmpus Augustinópolis.

O evento foi no auditório do quartel. A equipe vindo de Augustinópolis na coordenação do enfermeiro e sargento da PM Dênis Gonçalves Novais foi recepcionada pelo comandante do Batalhão, major Valdeonne Dias da Silva. Nessa primeira etapa, mais de 20 policiais militares participaram.

O projeto tem por objetivo promover o treinamento de policiais militares do 9º BPM para uma atuação adequada em diversas situações de urgência e emergência em que esses profissionais se deparam no atendimento às ocorrências do dia-a-dia.

De acordo com Novais, o projeto tem a meta de capacitar todo o efetivo de 202 policiais militares lotados do 9º Batalhão, sendo metade este ano, onde se encerrará a primeira fase. “As demais instruções serão realizadas com o objetivo de alcançar o restante dos policiais militares da Unidade. A segunda fase de aplicação do projeto está previsto acontecer no primeiro semestre de 2018”, declarou sargento Novais.

Nessa fase o projeto será desenvolvido em quatro etapas. Sendo as próximas três desenvolvidas nas cidades de Augustinópolis, São Miguel do Tocantins e Buriti do Tocantins. A capacitação acontecerá por meio de aulas teóricas e oficinas práticas, onde serão trabalhadas as seguintes temáticas: Suporte Básico de Vida (BLS), Atuação do Socorrista nas Ocorrências de Trauma Diversos; Obstrução de Via Aérea por Corpo Estranho (OVACE) e Atuação do Socorrista em Afogamento. (Ascom 9 BPM)

COMPARTILHE

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.