Os últimos 30 dias não foram bons para o deputado federal, Carlos Gaguim, em se tratando de partidos políticos. O parlamentar teve tirado de suas mãos, o comando de praticamente três legendas, isso se contarmos o DEM que o próprio parlamentar anunciou em Ananás, no dia 2 de outubro, que assumiria o controle da sigla, para ser candidato a senador.

Gaguim estava na presidência do PODEMOS e tinha seu filho, Bruno Gaguim, como presidente do AVANTE, ex-PTdoB. O primeiro a ser tomado de Gaguim foi o AVANTE, que passou a ser comandado por André Gomes, irmão do pré-candidato a senador, Eduardo Gomes.

Agora foi a vez de Gaguim perder o PODEMOS para Adir Gentil, subprefeito de Palmas e apadrinhado de Carlos Amastha.

Por fim, o DEM, que Gaguim dava como certa sua filiação, o parlamentar acabou sendo atropelado por Siqueira Campos que entrou na legenda, espantando o deputado.

COMPARTILHE

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.