Sobre

Pluralismo, jornalismo crítico, independência e participação do leitor. Esses são os lemas que norteiam o trabalho jornalístico da Folha do Bico, o mais dinâmico jornal do Bico do Papagaio.
A Folha conta hoje com seis cadernos diários – Bico do Papagaio, Tocantins, Pará, Maranhão, Brasil e Esportes, atualizados diariamente, tendo como foco principal os temas regionais.
Buscamos seguir regras e princípios que visam produzir um primeiro conhecimento sobre fatos e pessoas. Qualquer fato e qualquer pessoa: problemas políticos, decisões governamentais, cotidiano, meio ambiente, mas também a narrativa de fatos simples e comuns como um atropelamento, o surgimento de um buraco na rua, a descrição de um assalto à loja da esquina, um casamento, as novas regras para um tipo de postura no convívio social ou mesmo divulgação da biografia de destacados cidadãos biquenses.
A nossa atividade, portanto, busca um primeiro conhecimento de todos esses fenômenos, os complexos e os simples, com um grau aceitável de fidedignidade e correção, levando-se em conta o momento e as circunstâncias em que ocorrem.
O fenômeno recente do efetivo aparecimento da cobertura jornalística na região chega a provocar questionamentos quanto a divulgação de assuntos mais polêmicos, principalmente acontecimentos político. Nossa cobertura não tem lados, partidos ou bandeiras, nos limitamos apena a contar o fato, o acontecimento, seja onde tenha ocorrido. Conclusões cabem apenas ao leitor formular, nosso papel é informar.