A Prefeitura Municipal de Augustinópolis não deve realizar a festa de carnaval em 2018.  O prefeito, Júlio Oliveira (PRB), sinalizou esta semana que vai seguir orientação do Tribunal de Contas do Estado (TCE), que expediu aos prefeitos tocantinenses a Recomendação nº 008/2017, orientandos os gestores a não realizarem despesas, repasses ou dívidas relativas às festividades carnavalescas, shows e demais festas populares.

O TCE entende que despesas de caráter não essencial, não devem se sobrepor aos serviços públicos imprescindíveis como saúde, educação e segurança pública. Áreas que para o órgão devem ser prioridade.

Donos de blocos carnavalescos, barraqueiros, vendedores ambulantes e comerciantes, já foram comunicados pela Prefeitura sobre a recomendação e a possibilidade de não realização do evento. Mas a definição final, será oficializada até semana que vem.

A Prefeitura ainda busca caminhos para tentar viabilizar a festa, como apoio do Governo Federal e Estadual. O certo é que com dinheiro do Tesouro Municipal o evento não será realizado.

Uma possibilidade apresentada é que uma espécie de carnaval alternativo feito pela iniciava privada possa ser organizado, caso não se consolide apoio das esperas estadual e federal.

- Publicidade -

FAÇA UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: folhadobico@hotmail.com que iremos analisar.