A caixa d’água que abastece toda a cidade de Angico, município do Bico do Papagaio, está com dois buracos nas laterais. O estrago no equipamento, segundo os moradores, está contaminando a água e deixando várias pessoas doentes.

O doutor em Medicina Tropical Leandro Layter comenta que parte de sua família foi parar no posto de saúde da cidade devido à diarreia, situação que ele suspeita ter sido provocada pela água que veio das torneiras. “Toda a população sabe que por causa desses buracos, entram bichos, como morcegos e roedores na água e consequentemente ela fica poluída e não serve para o consumo. Com isso, a população acaba sofrendo, porque são pessoas pobres, sem poder aquisitivo para adquirir água mineral”, reclama.

Depois de ter várias pessoas em casa apresentando diarreia, o médico conta que na residência eles tomaram a iniciativa de colocar hipoclorito de sódio e ferver a água. Também passaram a comprar água mineral para o consumo. “Mas o surto está na cidade. E volto a repetir, nem sempre as pessoas podem comprar água mineral”, diz.

O hipoclorito de sódio é utilizado como desinfetante, sendo também utilizado para purificar a água para uso e consumo humano. O hipoclorito de sódio é conhecido popularmente como água sanitária, que é vendida em solução de 2,0 a 2,5% de hipoclorito de sódio.

Ainda conforme o médico, a situação, que ocorre desde o ano passado, já foi comunicada ao poder Público da cidade e também ao Ministério Público Estadual (MPE).

Prazo

Em virtude do surto na cidade, o Ministério Público Estadual (MPE), por meio da Promotoria de Justiça de Ananás, oficiou nesta sexta-feira, 11, a Prefeitura de Angico para que o sistema de distribuição de água potável de Angico seja reparado em caráter emergencial de até dez dias, em especial, a caixa de água.

O órgão cita laudo técnico de inspeção realizado por profissional da área de engenharia apontando alto nível de corrosão e dano na estrutura da caixa d’água, o que permite a entrada de roedores, poeira e outros agentes, tornando possível a contaminação da água e expondo a população ao risco de doenças.

De acordo com o último Censo, realizado em 2010 pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o município tem aproximadamente 3.175 habitantes. (Jornal do Tocantins)

- Publicidade -

FAÇA UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.