Pacientes do Hospital Regional de Araguaína, no norte do Tocantins, estão urinando em garrafas de plástico porque a unidade não tem sacos coletores apropriados. O improviso está ocorrendo há pelo menos 15 dias e tem causado preocupação quanto ao risco de infecções.

“Eles estão cortando as garrafas de álcool e colocando esparadrapo porque não tem o saquinho”, afirmou o frentista Wikson Pereira Barbosa, 28 anos.

Ele está internado na unidade há 22 dias após sofrer um acidente de moto e fraturar as duas pernas. Como não pode levantar para ir ao banheiro, o jeito é usar as garrafas improvisadas pelo hospital.

“A gente coloca no chão e eles despejam a urina no banheiro e trazem novamente para utilizar. Tem o risco de pegar uma bactéria ou infecção”, afirmou.

O Hospital Regional de Araguaína é uma unidade de média e alta complexidade. A unidade é uma das maiores do estado e atende pacientes do Tocantins, do sul do Pará e do Maranhão.

A Secretaria Estadual de Saúde ainda não se manifestou. (Com informações do G1)

- Publicidade -

FAÇA UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.