Após as declarações do vereador Sérgio Gomes (SD), na última sexta-feira, 11, durante entrevista na Rádio Sucesso FM, o também vereador Ian Cavalcante (PPS), afiou ao webjornal Folha do Bico que vai processar falta de decoro parlamentar, conduta pública, calúnia, difamação e por desrespeitar normas constitucionais e regimentais da Câmara Municipal.

Ian se mostrou chateado com as declarações de Sérgio Gomes e também de Miguel do Cajueiro.

Com a palavra Ian Cavalcante:

Gostaria de esclarecer aos vereadores Sérgio Gomes e Miguel do Cajueiro, que a Bíblia nos diz, no livro de provérbios, que não devemos responder aos loucos, segundo a sua loucura, mas, também, em provérbios, diz que: açoite para cavalo e freio para jumento e vara nas costas dos insensatos, idiotas e apedeutas. Assim, quero esclarecer a todos araguatinenses a respeito da eleição da mesa diretora. Sou vice na chapa do vereador Darlan. Além disso, todos sabem da minha atuação na Câmara, que eu nunca mudei; nos programas da rádio sempre estou firme, no compromisso de bem representar o povo araguatinense. É fato que os vereadores Sérgio Gomes e Miguel do Cajueiro não têm coragem de ouvir a retrospectiva do que disseram na Câmara e na rádio, do começo do seus mandatos até agora. Antes, para eles, era uma maravilha esta administração, em todas as áreas e, hoje, o que houve, nada presta? Por aí já se pode ver de uma vez por todas a personalidade desses dois vereadores que se dizem representantes do povo araguatinense.

Na eleição da mesa diretora a votação é secreta, porém, os que sintonizaram a rádio Sucesso FM ouviram os vereadores Sérgio Gomes e Miguel do Cajueiro afirmando, categoricamente, que sabem como votaram os vereadores Azevedo e eu. Se a votação é secreta, como eles podem saber como nós votamos? Na Câmara não tem função para profeta ou adivinho, com essas duas funções distintas só nos resta tomar duas atitudes: buscar a justiça para anular a eleição por fraude no sufrágio do voto como afirmaram os vereadores inicialmente citados, e processá-los por falta de decoro parlamentar, conduta pública, calúnia, difamação, e por desrespeitar normas constitucionais e regimentais da nossa Casa de Leis.

Todos sabem que sempre agi no parlamento na defesa do povo araguatinense, tenho posição definida. Caso eu quisesse votar em qualquer outro candidato à presidência da Câmara eu tinha me posicionado, como sempre o fiz, ou será que sou idiota de votar contra em uma eleição de quem sou vice na chapa? Na eleição passada da mesa diretora eu me abstive de votar, e quem votou nulo?

O que está acontecendo, com esses vereadores, é que o milho está ficando pouco no cocho, aí, começam a dar coices um no outro. Ao contrário de mim que nunca tive um cargo na prefeitura.

Realmente, o que está acontecendo é uma grande inveja com a minha atuação. A arma dos fracos, dos covardes e dos incompetentes é a calúnia e a difamação, e a dos fortes é o trabalho. E o trabalho continuarei a fazê-lo, querendo eles ou não. Realmente tenho que prestar contas ao povo, não a eles.

Vereador Ian Cavalcante (PPS).

Ouça a entrevista de Ian à Rádio Sucesso FM, na sexta-feira, 11.

- Publicidade -

FAÇA UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.