A Polícia Civil prendeu, na segunda-feira (07), em Breu Branco, sudeste paraense, Reginaldo Pereira Saraiva, de apelido “Regis”, em cumprimento a mandado de prisão decretado pela Justiça. Ele está indiciado pelo crime de estupro de uma criança de seis anos. Existem suspeitas de que ele tenha abusado sexualmente de outras vítimas. A prisão foi realizada em uma área de mata a 40 quilômetros do KM 50 da Rodovia Transcametá. Além do estupro, o preso é acusado de espancar uma outra criança de nove anos.

A prisão foi realizada como resultado de um ação conjunta de policiais civis da Superintendência Regional do Lago de Tucuruí e da Delegacia de Breu Branco. Sob o comando do delegado Marcos André Araújo, titular de Breu Branco, os policiais civis seguiram até a região após receber a informação de que o investigado estava escondido em uma área de mata pertencente ao município de Pacajá.

Diante disso, em conjunto com a escrivã Denise e os investigadores Márcio Andrade e Marcelino, o delegado comandou diligência na localidade, onde localizou e efetuou a prisão de Regis. “Ele foi o responsável pelo estupro de uma criança de apenas sete anos, na zona rural do Breu Branco, bem como do espancamento do seu irmão de nove anos”, afirma o delegado.

O mandado de prisão, detalha o policial civil, é resultado de investigações iniciadas em outubro do ano passado. No mês seguinte, a equipe policial chegou à autoria do crime. Na época, Reginaldo Saraiva conseguiu escapar do cerco policial. Após ser preso, ele foi entregue ao Sistema Penitenciário para ficar à disposição da Justiça.

- Publicidade -

FAÇA UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.