O juiz federal substituto João Paulo Abe, da 4ª vara da Justiça Federal em Palmas, concedeu liberdade provisória ao ex-superintendente do Incra no Tocantins, Carlos Alberto da Costa, conhecido como Carlão da Saneatins. Ele estava preso desde o dia 19 de dezembro do ano passado, quando foi alvo de uma operação da Polícia Federal contra supostos desvios no instituto.

Para ser solto, Carlão da Saneatins terá que pagar fiança de 50 salários mínimos e ficará impedido de se ausentar por mais de 30 dias consecutivos de Palmas. Ainda cabe recurso à decisão.

A defesa informou que o ex-superintendente deve pagar a fiança nesta sexta-feira (11), ele só será solto após o pagamento.

- Publicidade -

FAÇA UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.