Na tarde desta quinta-feira, 31, o senador tocantinense Ataídes Oliveira (PSDB) se encontrou com o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, em Brasília. Na oportunidade, entregou ao ministro três livros de sua autoria que abordam a investigação e o resultado da CPI dos Cartões de Crédito, da CPI da JBS e o livro Caixa-preta do Sistema S.
“Foi bom revê-lo. Já tivemos algumas oportunidades de conversar, quando ainda era juiz, e é sempre uma satisfação enorme porque eu acredito muito na competência, na seriedade e no trabalho desse jovem ministro. Eu não tenho dúvida de que a segurança no nosso país vai melhorar muito”, avaliou o senador que se despede hoje do mandato deixando um importante legado de combate à corrupção e defesa dos cidadãos brasileiros, em especial os tocantinenses.
“Tenho orgulho de ter terminado o mandato no Senado com minhas mãos limpas, sem envolvimento em qualquer escândalo ou investigação. Esse sistema não me corrompeu e nunca corromperá. Lutei pelo povo tocantinense até o fim, elaborei e aprovei grandes projetos de lei, trouxe quase meio bilhão em recursos para meu Estado. Agora, minha dedicação ao Tocantins será a mesma, como cidadão, empresário e militante político”, afirmou acrescentando sobre a importância do andamento de projetos que ainda estão em análise. “Espero que os parlamentares empossados não engavetem projetos importantíssimos que continuam tramitando no Senado, em especial projetos que lutei muito, em defesa das mulheres vítimas de violência doméstica, em prol da redução da jornada de trabalho das mulheres que estão amamentando, a aprovação das 10 medidas contra a corrupção, dentre dezenas de outros”, disse.
Como presidente do PSDB no Tocantins, Ataídes promete expandir ainda mais a abrangência no partido no Estado, com a filiação de mais prefeitos. “Já temos 27 prefeitos filiados e mais três devem se filiar nas próximas semanas. Iremos alcançar 40% do eleitorado tocantinense, quase a metade da população do Tocantins em cidades administradas por tucanos e tucanas. Empresário, Ataídes retoma também a presidência do Grupo Araguaia, formado por 12 empresas do ramo de construção e engenharia, concessionárias de veículos, energia solar e academia. (Francine Haddad)
- Publicidade -

FAÇA UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.