Desde a criação, em agosto do ano passado, do Grupo Tático de Trânsito, GTT, da Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes – Setran -, o atendimento de ocorrências de acidentes e levantamento pericial que não resultam em vítimas foram agilizados em Imperatriz, cidade que possui a segunda maior frota de veículos do Maranhão.

O secretário Leandro Braga destaca que o tempo médio de atendimento de ocorrências é de 10 minutos, resultado da capacitação da equipe que dispõe de viatura e motocicleta para procedimentos 24 horas à população de Imperatriz. “Vamos investir em novos cursos para os agentes de trânsito, com objetivo de legalizar o laudo de trânsito para agilizar o atendimento ao cidadão”, frisa.

Segundo ele, depois da realização desse novo curso, os agentes de trânsito poderão realizar conciliação no local do acidente, ficando registrado para o Poder Judiciário. Ele prevê ainda que, neste segundo ano, o Grupo Tático de Trânsito estará mais incorporado nas ruas da cidade prestando melhor atendimento à população.

Leandro Braga afirmou, também, que está sendo concluído um aplicativo exclusivo para solicitação de levantamento pericial de acidentes de trânsito em Imperatriz. “Será mais uma ferramenta de comunicação direta com o GTT da Setran. É uma grande conquista para os condutores de veículos a criação desse grupamento para agilizar o atendimento de ocorrências de trânsito, sem vítimas, antes feito apenas pelo Instituto de Criminalística do Maranhão – Icrim”, disse.

- Publicidade -

FAÇA UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.