O Comando do 26º Batalhão da Polícia Militar, de Açailândia, a 564km de São Luís, divulgou o levantamento das principais ocorrências durante o ano de 2018 no município e também na cidade de Itinga, onde presta apoio policial. A taxa do número de homicídios, morte e furtos em residência e estabelecimentos comerciais diminuíram enquanto número de armas apreendidas aumentou.

Em Açailândia, em 2018, foram registrados 26 mortes, enquanto em 2017 a cifra chegou a 39 – uma redução de 33%. Já os homicídios tentados, foram 14 em 2018, contra 25 em 2017. “Apesar de tímido, são números que refletem a atuação eficiente do policiamento para contenção da violência”, destacou o comandante da Unidade, Tenente Coronel Jonilson Diniz Duarte.

O comando de Açailândia ainda identificou uma diminuição de 30,8% no número de furtos a residência. Os furtos a estabelecimentos comerciais reduziram consideravelmente, 40,4%.“Sobre a repressão a este tipo de ocorrência, foi feito um policiamento inteligente, com estratégia em locais pontuais e onde há mais reincidências de crimes, o que aumentou a possibilidade de prevenção deste delito”, afirma Diniz.

Outros resultados constatados durante o ano de 2018 em Açailândia:

Maior número de conduzidos à delegacia: 959 pessoas conduzidas em 2018, e 895 em 2017, um aumento de 7,1%.
Redução no número de roubos e furtos a veículos na região: 18 veículos furtado em 2017, e apenas 3 em 2018, uma redução de 83, 3%.
Maior número de veículos recuperados: 76 veículos recuperados em 2018, contra 42 em 2017, um aumento de 80,9%.
Prisões em flagrantes: 334 pessoas foram presas em flagrante delito em 2018, e 297 em 2017, uma redução de 13%.
Maior número de armas apreendidas: 68 armas de fogo foram apreendidas contra 66 em 2017.
Combate ao trafico de drogas: 80 pessoas foram detidas por tráfico de drogas em 2018, e 43 em 2017, um aumento de 86%.

O 26° BPM conta com um efetivo de 162 policiais, distribuídos em viaturas, motocicletas e barreiras, atendendo a uma população de aproximadamente 112 mil pessoas. Além disso, a Unidade atende o destacamento de Itinga do Maranhão, que sob o comando do Sargento Mozenan Ferreira Cruz,também apresentou um balanço satisfatório no ano de 2018.

A taxa de homicídios caiu 44%, enquanto o número de tentativas foi reduzido em mais de 60%. Em 2018 foram 28 casos de roubo à pessoas, enquanto em 2017 registrou o dobro. Em relação a furto a estabelecimento comercial, a redução foi menor, de 6,6%. Além disse, no ano passado foram 33 armas de fogo apreendidas e 81 flagrantes. (O Imparcial)

- Publicidade -

FAÇA UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.