A região do Bico do Papagaio virou um celeiro de obras públicas e privadas paralisadas. As públicas poderiam servir para melhorar a prestação de serviços as diversas comunidades e as privadas gerariam empregos e daria independência ao cidadão.

Mas os governantes do estado não se mostraram preocupados com os inúmeros projetos de desenvolvimento econômicos parados na região, e o incentivo a pobreza da população só continua.

Agora, eis que surge mais um desses empreendimentos. O alerta é dado por Janilton Pereira Silva, morador de Ananás e funcionário da Controladoria Geral do município, que procurou o webjornal Folha do Bico, para advertir o poder público sobre os danos da paralização das obras de construção da granja Yabuta, empresa paulista que atua na produção de ovos brancos, vermelhos, caipira e de codorna.

Segundo Janilton, a empresa é uma das maiores produtoras de ovos do Brasil, com expectativa de produção de cerca de 600 mil ovos dia, na unidade que está sendo construída no município de Angico, também no Bico do Papagaio.

O investimento seria de R$ 7 milhões.

Ainda conforme Janilton, por volta de março de 2016, a granja resolveu se instalar em Angico, para que após a conclusão da obra, pudesse produzir e gerar empregos, mas que a burocracia administrativa e medidas fiscais, estariam prejudicando a finalização. Ele diz que as obras começaram com cerca de 60 trabalhadores na construção de 16 galpões, sendo que as obras avançaram em 70%.

A empresa ainda não se manifestou oficialmente sobre o caso.

- Publicidade -

FAÇA UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.