O 1º tenente PM Cristóvão Pereira Silva, é mais um guerreiro do 9º BPM que assinou requerimento de transferência para a Reserva Remunerada (RR), depois de 30 anos de serviço prestado a Polícia Militar do Tocantins (PMTO) e ao Exército Brasileiro (EB).

O pedido foi efetivado na tarde desta segunda-feira, dia 18, no gabinete do Comando do 9º BPM, ao lado do comandante, major Weslley Dias Costa e do subcomandante do Batalhão, capitão Sandro de Lima Silva, além de vários outros policiais militares presentes na cerimônia.

Tenente Pereira esteve acompanhado da esposa, as duas filhas e de seu irmão, sargento Edmar Silva Miranda.

O pedido de transferência para a reserva feito pelo tenente Pereira, ocorreu após 31 anos e 8 meses de serviço. Foram 4 anos servindo ao Exército de Caxias e 27 anos como policial militar do Tocantins.

Trecho de uma nota de agradecimento, expedida pelo o oficial na tarde desta segunda-feira, tenente Pereira, escreve: “Agradeço a Deus por ter me mantido incólume e blindado às praticas nocivas ao cumprimento da lei e da ordem. Agradeço a minha família por ter partilhado os bons e maus momentos vividos, alegrando-se nos bons momentos e apoiando-me nas horas difíceis”.

A nota diz ainda: “Agradeço ao 9° BPM, Unidade onde formei quando então 6° BPM, e trabalhei meus últimos 18 anos. Batalhão proativo de homens e mulheres de fibra, tenacidade, alto senso de justiça e comprometimento com a segurança pública do Bico do Papagaio e todo o Tocantins. Ao Comandante, Oficias e Praças meu muito obrigado!”.

Tenente Pereira dispara: “Deixo na Gloriosa, principalmente no 9° BPM um Batalhão de irmãos, e a certeza de que poderei bater em qualquer porta desses irmãos, que terei guarida. Levo para casa a consciência tranquila do senso do dever cumprido sem ter ferido direitos ou auferido vantagens indevidas”.

E finaliza: “Mesmo na RR, estarei pronto pra servir, pois continuo com o espírito combativo e senso de justiça inalterada. Combati o bom combate, acabei a carreira, guardei a fé. Missão cumprida! A todos os irmãos, meu muito obrigado!”.

- Publicidade -

FAÇA UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.