Eliandro posa para fodo do banco de dados do Sistema Prisional

Foragido, Eliandro Moraes da Silva, foi recapturado no Maranhão e retornou nesta segunda-feira, 4, para a Cadeia Pública de Augustinópolis, unidade esta que ele e mais 7 reeducandos empreenderam fuga em 11 de dezembro de 2016. Eliandro foi recapturado em Imperatriz, após assaltar a mãe de policial.   

A fuga aconteceu em uma madrugada de domingo, quando oito reeducados cavaram um túnel que saía da cela e levava até o lado de fora do muro da cadeia. Em ação rápida e eficaz da equipe da Secretaria de Cidadania e Justiça (Seciju) juntamente com a PM, ainda no final daquele domingo metade dos fugitivos já haviam sido recapturados. O trabalho de recaptura continuou e todos os outros detentos voltaram ao cárcere, menos Eliandro.

Segundo o superintendente de Administração dos Sistemas Penitenciário e Prisional do Estado do Tocantins, Orleanes de Sousa Alves, o trabalho de recaptura também faz parte do sistema carcerário. “O trabalho de estruturação dos presídios e prevenção à fuga é muito forte no estado, pois os reeducandos instintivamente gastam seu tempo procurando falhas no sistema e nos procedimentos. No entanto, nossa equipe é treinada e trabalha diuturnamente com muita competência para devolver o apenado para o cumprimento de sua pena”, disse.

Recapturas 2018

Em 2018, o índice de recaptura de fugitivos das unidades prisionais do Estado foi de 78,33%, dos 60 foragidos somente 13 ainda não foram recapturados. Os números podem ser melhorados, uma vez que os trabalhos para recaptura desses foragidos continuam. (Willian Borges)

- Publicidade -

FAÇA UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.