Durante fiscalização nos supermercados, realizada pelo Procon Municipal de Imperatriz foram identificados produtos com validade vencida, latas amassadas, produtos abertos, falta de precificação, temperatura inadequada e alimentos impróprios para consumo. 

Natalino Bezerra, advogado e coordenador do Procon, enfatiza que a operação decorreu de denúncias de consumidores insatisfeitos, pelo desrespeito ao Código de Defesa do Consumidor, CDC, por parte das empresas.

“Objetivo é verificar o cumprimento das normas expressas pelo CDC. É importante que o consumidor se atente na hora de comprar os alimentos e fazer a certificação de prazo de validade dos produtos para o consumo”, frisou.

Segundo ele, durante os trabalhos foram recolhidos alguns produtos vencidos nas prateleiras como iogurtes e bebidas láctea, impróprios para consumo. Ao constatar a inutilização dos produtos, os mesmos serão descartados no ato da fiscalização, para garantir que não voltem às prateleiras e sejam vendidos ao consumidor”, ressaltou.

O CDC, em seu artigo 31, estabelece que a oferta e a apresentação de produtos ou serviços devem assegurar informações corretas, claras e precisas sobre suas características, qualidades, quantidades, composição, preço garantia,  prazo de validade e origem. 

Consumidores que se sentirem prejudicados, podem apresentar suas denúncias nos balcões de atendimento do Procon Municipal, nas dependências do Imperial Shopping, das 8h às 18h e Tocantins Shopping das 12h às 18h, de segunda a sexta-feira. (Francisco Lima)

- Publicidade -

FAÇA UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.