IMG-20150325-WA0043

Antônio Mendes Nonato, acusado de ser o executor do dentista Klébio Pereira Guedes, foi levado para a Delegacia Estadual de Capturas (DECAP), no setor Jaó, em Goiânia-GO, onde está a disposição da Polícia tocantinense.

Segundo o delegado, Marco Antônio Martins de Araújo, titular da DECAP-GO, Antônio Mendes não ofereceu resistência no momento da prisão, próximo a um posto de combustíveis quando iria entrar em seu veículo. O delegado conversou na manhã desta quarta-feira, 25, com o delegado responsável pelo caso em Augustinópolis, Alicindo Augusto Celestino de Souza, para oficializar a prisão e tratar sobre a transferência do preso.

Agora a Polícia Civil aguarda a liberação da Secretaria de Segurança Pública do Tocantins, para operacionalizar a transferência de Antônio Mendes, para Augustinópolis.

Nossa equipe apurou que Antônio Mendes também é suspeito de cometer outros crimes de pistolagem no estado do Pará e Maranhão, onde havia se profissionalizado na área. Eles também tem passagem pelo presídio de Pedrinhas, em São Luíz-MA.

Antônio Mendes é araguatinense e no estado do Pará era conhecido como Toinho. Quando morava em Araguatins seu apelido era Locão.

- Publicidade -

FAÇA UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.