Vinte e seis participantes do projeto piloto “Bombeiros Inclusão Digital” foram certificados com o término do curso de informática básica oferecido pelo Corpo de bombeiros militar (CBMTO) em parceria com a Prefeitura de Araguatins. A cerimônia aconteceu na noite do dia 21, na Câmara Municipal e contou com a presença do comandante geral dos bombeiros, coronel Reginaldo Leandro da Silva, autoridades políticas e empresários locais.

Para o comandante Leandro, o projeto ‘Bombeiros Inclusão Digital’ é uma oportunidade de oferecer cidadania à comunidade carente de Araguatins, ofertando aos que estão à margem das tecnologias digitais condições de usufruir das potencialidades do uso do computador e do acesso à internet.

Já o comandante da companhia de Araguatins, Capitão Sidimarcos Pereira de Mesquita, abraçou esse projeto em sua unidade militar como uma forma da corporação contribuir com a sociedade, interagindo diretamente com ela, ele ressaltou que “quando comunidade e órgão de segurança pública interagem, é um sinal que é possível acreditar num mundo mais justo”.

O soldado Róbson Alves, coordenador do projeto, afirmou que os resultados alcançados com essa primeira turma foram bastante satisfatórios. “Alcançamos o objetivo do curso que é tornar o participante um incluído digital através do uso do computador e do acesso à internet com o domínio básico do uso dessas ferramentas. Dessa forma, tivemos a oportunidade de trazer mais benefícios para a vida pessoal, educacional e profissional do aluno. ” Afirmou o Róbson.

Projeto piloto “Bombeiros Inclusão Digital”

Teve início no dia 08 de novembro de 2018 e foi finalizado no dia 19 de fevereiro de 2019, com 03 aulas semanais e carga horária de 60h. As aulas aconteceram no Laboratório de Informática da 3ª companhia de bombeiros de Araguatins.

O projeto iniciou com 04 turmas com idades entre 9 e 74 anos, separados por idades, com 10 alunos por turma, com destaque para a participação de 8 idosos do CRAS (Centro de referência e Assistência Social) além de adolescentes e jovens da comunidade.

O projeto também contou com a participação do técnico em Informática Dioneis Brito, cedido pela prefeitura. Dos 40 alunos que iniciaram o curso, 26 obtiveram a aprovação. (José Domingos Alves Filho)

- Publicidade -

FAÇA UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.