O prefeito de Augustinópolis, no Bico do Papagaio, Júlio Oliveira (PRB), teve o seu mandato cassado pela Câmara de Vereadores na noite desta quarta-feira, 13. O gestor não estava presente na sessão e teve um defensor nomeador.

Júlio Oliveira ainda pode recorrer na Justiça.

O gestor teve seu mandato cassado por conta de envolvimento em um esquema de pagamento de propina a vereadores para aprovação de projetos na Câmara Municipal. Os parlamentares estão afastados por 180 dias e também enfrentam uma Comissão Processante. Júlio foi denunciado por infração político-administrativa.

A cassação foi aprovada por unanimidade. Agora o vice-prefeito, Vanderlei Arruda, assumirá o cargo.

- Publicidade -

FAÇA UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.