O Ministério Público do Maranhão (MP-MA) ingressou com uma Ação Civil Pública (ACP) junto à Justiça para que o estado do Maranhão implante a central de regulação de leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) de São Luís para a macrorregião de Saúde em Imperatriz.

De acordo com o órgão ministerial, a implantação de uma central de regulação de leitos de UTI em Imperatriz vai proporcionar o desafogamento dos prontos-socorros dos hospitais e a diminuição do tempo de exposição de pacientes à infecção hospitalar, do tempo de espera por leitos de UTI e do número de mortes evitáveis.

Segundo o Ministério Público, o governo do Estado afirmou, durante uma reunião realizada na sede da Procuradoria Geral de Justiça (PGJ), que realizaria o projeto em janeiro de 2017, mas nunca concretizou a medida.

Em outra audiência, realizada em outubro de 2018, a pedido do MP, o governo do Estado alegou questões de ordem orçamentária e financeira para a impossibilidade de concretizar o projeto.

- Publicidade -

FAÇA UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.