A Polícia Civil cumpriu, na terça-feira (26), três mandados judiciais decretados pela Justiça de Marabá, sudeste paraense. Um dos mandados é de internação provisória contra Pedro Sousa da Silva, de 18 anos, que à época dos fatos apurados, era adolescente. Outros dois mandados judiciais (prisões preventivas) foram cumpridos contra Ana Maria Nascimento e Francilene dos Santos Costa que respondem pelo crime de tráfico de drogas.

As ordens judiciais foram cumpridas por policiais civis da Divisão de Homicídios (DH) de Marabá. O cumprimento de mandado de internação provisória de Pedro Sousa da Silva foi realizado na Folha 33, em uma casa abandonada. Segundo os policiais, Pedro é acusado de ser autor do homicídio cometido juntamente com outros comparsas. Após disparo de arma de fogo, eles ceifaram a vida de uma vítima, no ano passado, em 06 de outubro de 2018.

A vítima seria envolvida com uma facção criminosa e teria disparado contra integrantes de uma facção rival, o que motivou o assassinato. No mesmo dia, após investigações policiais, policiais civis de Marabá realizaram as prisões de Ana Maria Nascimento e Francilene dos Santos pelo crime de tráfico de drogas. As duas foram flagradas pelos policiais civis com 25 porções de crack prontas para a venda no varejo, além de uma outra porção de pedra de crack que seria preparada para o consumo e 95 reais em dinheiro.

- Publicidade -

FAÇA UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.