A Polícia Civil do Estado do Tocantins, por meio da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa – DHPP, de Gurupi, efetuou, na manha desta segunda-feira, 16, a prisão de Matheus Alves Gomide, suspeito de ser o autor do disparo que vitimou José Henrique Vieira dos Santos, de 9 anos, em Gurupi.

Matheus (20) estava sendo monitorado pela Polícia Civil desde à época dos fatos, ocorrido em 28 de março, nas proximidades da instituição de ensino em que a criança estudava, e teve sua prisão temporária decretada judicialmente depois da representação da autoridade policial, tendo em vista que “testemunhas do fato estavam sendo coagidas e ameaçadas pelo suposto autor do disparo”, frisou o delegado titular da DHPP, Hélio Domingos de Assis Alves.

Durante o cumprimento de quatro mandados de busca e apreensão, junto à residência do suposto autor do disparo e de locais a ele relacionados, foram encontradas drogas e munições, que serão submetidas à exame pericial a fim de que possam estas ser associadas ao projétil que atingiu José Henrique.

Segundo apontam as diligências até então realizadas, a criança não era o alvo da ação criminosa, mas várias linhas de investigações ainda estão sendo mantidas.

Durante sua menoridade, Matheus já fora autuado por duas vezes pelo crime de porte de arma de fogo, assim como foi apreendido por tráfico de drogas, receptação e formação de quadrilha. O indivíduo foi encaminhado à Casa de Prisão Provisória de Gurupi, onde permanece à disposição do Poder Judiciário local.

- Publicidade -

FAÇA UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: folhadobico@hotmail.com que iremos analisar.