Um coquetel que mistura diferentes agrotóxicos foi encontrado em 14 dos 27 municípios biquenses entre 2014 e 2017.

Nesse período, as empresas de abastecimento detectaram pesticidas que são obrigados por lei a testar. Entre eles alguns classificados pela Anvisa como extremamente ou altamente tóxicos, e também alguns associados ao desenvolvimento de doenças crônicas como câncer, malformação fetal, disfunções hormonais e reprodutivas.

Entre os municípios do Bico com contaminação múltipla estão Tocantinópolis (23.119 habitantes), Augustinópolis (18.089), São Miguel (11.906), Xambioá (11.683), Wanderlândia (11.677), Buriti (11.135), Esperantina (10.793), Praia Norte (8.365), Palmeiras (6.535), Aguiarnópolis (6.460), São Sebastião (4.749), Riachinho (4.601), Nazaré (4.060), Carrasco Bonito (4.055) e Santa Terezinha (2.550).

Os dados são do Ministério da Saúde e foram obtidos e tratados em investigação conjunta da Repórter Brasil, Agência Pública e a organização suíça Public Eye. As informações são parte do Sistema de Informação de Vigilância da Qualidade da Água para Consumo Humano (Sisagua), que reúne os resultados de testes feitos pelas empresas de abastecimento.

Os números revelam que a contaminação da água está aumentando a passos largos e constantes.

Embora se trate de informação pública, os testes não são divulgados de forma compreensível para a população, deixando os brasileiros no escuro sobre os riscos que correm ao beber um copo d’água. Em um esforço conjunto, a Repórter Brasil, a Agência Pública e a organização suíça Public Eye fizeram um mapa interativo com os agrotóxicos encontrados em cada cidade.

O mapa revela ainda, quais estão acima do limite de segurança de acordo com a lei do Brasil e pela regulação europeia, onde fica a Public Eye. Clique AQUI e veja os dados completos.

Esses números são certamente ainda maiores, pois 12 municípios biquenses estão sem dados sobre agrotóxicos na água, são eles: Araguatins (35.216 habitantes), Axixá (9.776), Ananás (9.749), Sítio Novo (9.192), Darcinópolis (5.988), Itaguatins (5.980), São Bento (5.231), Sampaio (4.579), Angico (3.423), Maurilândia (3.409), Luzinópolis (3.038) e Cachoeirinha (2.276).

- Publicidade -

FAÇA UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.