Em entrevista concedida a veículos de comunicação esta semana, o presidente da Câmara Municipal de Augustinópolis, vereador Cícero Moutinho (PR), disse estar satisfeito com o aumento efetivo dos debates, discussões e proposituras apresentadas nesse início de biênio pelo parlamentes, mas ressaltou que não adianta os camaristas debaterem os problemas da cidade, apresentarem sugestões e proposituras e a Prefeitura não tomar providências.

“Iniciamos de forma positiva, o trabalho e os debates aqui no parlamento estão propositivos e com forte tendência de também fiscalizar mais de perto as ações do Poder Executivo. Já foram apresentados vários requerimentos verbais e requerimentos formais, todos enviados ao Poder Executivo. Mas isso não basta. Precisamos de ação do gestor municipal”, disse Moutinho.

Moutinho ainda afirmou que como presidente da Câmara, a Casa de Leis nunca obteve respostas aos requerimentos votados em plenário e protocolados no Executivo. “Lembro que isso, causa dano a sociedade augustinopolina, onde os vereadores que recebem as demandas e o clamor do povo nas ruas, fazem seus requerimentos e o gestor não dá importância”, afirmou.

“Iremos sim com a parceria dos demais vereadores e sempre buscando ajuda do Ministério Público, intensificar nossa fiscalização ao atos do Poder Executivo, exercendo uma das nossa obrigações constitucionais. Creio que os atuais parlamentares estão mais dispostos a encampar essa ideia e ajudar a promover a transparência da gestão pública”, finalizou Moutinho.

- Publicidade -

FAÇA UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.