A Polícia Civil apresentou, nesta quarta-feira (10), informações sobre as prisões de três homens por envolvimento no arrombamento de uma agência bancária, em Belém. Erick Ireno Martins, Elder Benvindo Bonfim e José Santiago de Albuquerque foram presos, nesta terça-feira (09), no interior de um motel, localizado na região metropolitana da capital. O furto no banco ocorreu no ano passado. As prisões foram realizadas por policiais civis da Divisão de Investigações e Operações Especiais (DIOE).

Segundo o delegado Ivens Monteiro, os presos irão responder por furto qualificado, com envolvimento de duas ou mais pessoas e pelo arrombamento do prédio. Segundo o delegado Neyvaldo Silva, diretor da DIOE, após investigações realizadas desde o último dia 07, os acusados foram presos nesta terça-feira (09), no quarto 307 de um motel, no bairro do Coqueiro. No local, foram presos os três acusados. No momento da abordagem, os três indiciados estavam acompanhados de três mulheres. 

Após o interrogatório, os presos confessaram o furto à agência bancária do Banpará, no bairro do Telégrafo, em Belém, de onde foram subtraídos cerca de R$ 160 mil. Até o momento, foram recuperados R$ 3.102. “Os indiciados já haviam difundido a maior parte do valor, produto do furto, realizando depósitos em contas bancárias diversas”, explica o delegado. Com os presos, foram apreendidos um carro com placa HLT-5163; ferramentas; comprovantes de depósitos bancários e R$ 3.102,00.

- Publicidade -

FAÇA UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.