Adonisio Lima Cardoso acusado de matar o ex-vereador e na época secretário municipal de Juventude e Esportes do município de São Miguel, no Bico do Papagaio, Edilson Ferreira dos Santos, em abril de 2017, voltou a ser preso deste sábado, 13.

O acusado havia sido preso pela primeira vez, em janeiro de 2018, na cidade de Montes Altos, no estado do Maranhão e colocado em liberdade poucos meses depois, para aguardar o Julgamento. Em julho, a Justiça resolveu voltar a prendê-lo, após descumprimento de medidas restritivas. Mas Adonísio não foi mais localizado e passou ser considerado foragido.

Neste sábado, Adonísio acabou sendo preso na cidade de São Francisco, no estado de Goiás, quando foi abordado pela Polícia e portava documentos falsos. Com o cruzamento de dados, os policiais constataram que se tratava de um foragido da Justiça tocantinense. Adonísio foi então levado para a Cadeia Pública de Jaraguá, onde está preso para aguardar recambiamento para o estado do Tocantins.

- Publicidade -

FAÇA UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.