O Maranhão amplia participação no Conselho Nacional das Cidades e garante três vagas para a gestão 2011 a 2013.  A eleição aconteceu na 4ª Conferencia das Cidades que foi realizada em Brasília.

Na 3ª Conferencia de 2003, o Maranhão conquistou apenas uma vaga no segmento poder público. Nesta conferência foi viabilizada a presença de 62 participantes e, através de articulações junto aos segmentos, obteve três vagas na composição do Conselho Nacional das Cidades.

Segundo o presidente do Conselho Estadual das Cidades, Orleans Soares, a ampliação do número de vagas, bem como na aprovação de propostas envolvendo os eixos temáticos é muito relevante para o Maranhão, pois demonstra o compromisso do governo em implementar  políticas públicas  que possibilitem acessibilidade, mobilidade e gestão democrática para a população.

Para José Francisco Diniz, eleito como titular pelo Movimento Nacional de Luta pela Moradia, a oportunidade de conquistar novos espaços dentro do Conselho Nacional das Cidades demonstra a necessidade de articulação e participações ativas nesses espaços. “Vivenciamos um contexto de mudanças significativas, principalmente na área habitacional, por isso precisamos nos unir e conquistar o nosso espaço”, enfatiza ele.

Com o lema “Cidade para Todos e Todas com gestão Democrática, Participativa e Controle Social”, que traduz o compromisso do governo em implementar políticas que  garantam melhores condições de vida a população; e o tema que  incentiva a participação  da sociedade civil nessa discussão, a conferencia reuniu cerca de 3.000 pessoas de todo país.

- Publicidade -

FAÇA UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.