Às vesperas da visita do presidente Lula a Altamira, manifestantes bloquearam durante 10 horas o quilômetro 18 da BR-230, entre os municípios de Altamira e Marabá, nesta segunda-feira, 21. Cerca de 400 pessoas, entre moradores, agricultores familiares e representantes de movimentos sociais protestaram contra a construção da Hidrelétrica de Belo Monte. A rodovia foi ocupada por volta das 6h e só foi desbloqueada às 15h.

Segundo um representante do Movimento Xingu Vivo para Sempre, que preferiu não se identificar, a manifestação é uma forma de chamar a atenção do presidente. “A construção da barragem será feita de forma atropelada, muitas pessoas não foram ouvidas. Elas não sabem quais as consequências para suas vidas, se vão perder as casas e terrenos e se vão ser indenizados. Não temos nenhuma agência do Governo aqui que possa responder essas questões”, afirmou o representante.

Por conta do protesto, o trânsito entre as duas cidades ficou congestionado, mas foi liberado após uma negociação com a Polícia Rodoviária Federal. (Diário do Pará)

- Publicidade -

FAÇA UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.